Isoldi Lourdes Hartmann Lützenkirchen

IMG-20140910-WA0000De Novo Hamburgo para Hamburg

Isoldi Lourdes Hartmann Lützenkirchen

7/08/1958

Cândido Godoi, Rio Grande do Sul

Mora em Kraainem, Bruxelas

Isoldi é um tipo de mulher loira, de olhos azuis e fala alemão perfeitamente. A primeira impressão é de que estamos em frente de uma estrangeira, mas não. É brasileira com certeza, do Sul do Brasil, mais precisamente da cidade de Cândido Godoi, onde fala-se um dialeto alemão*. De família grande, eram oito no total, Isoldi cresceu entre festas imensas, brigas e muitas brincadeiras também.

“Minha mãe era uma pessoa muito dinâmica e meu pai era funcionário público. Tudo funcionava muito bem na minha casa. Fazíamos os deveres sozinhos e jogávamos futebol nas horas vagas”, lembra com um grande sorriso no rosto.

A então menina, desde cedo, gostava muito de ler, de brincar de ser professora e amava, sobretudo, saber qual era a dimensão do planeta. “Eu não teria muito futuro na minha cidade, por isso resolvi abrir os meus horizontes”, conta.

A gaúcha foi estudar fora. Percorreu um pouco mais de 500 quilômetros até chegar a Nova Hamburgo para fazer o segundo grau já com o curso de magistério incluído. Mais tarde, mudou-se para Santa Maria, outra cidade do Sul, e prestou vestibular para filosofia na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), e obteve licenciaturas em filosofia, psicologia e sociologia.

Após ter terminado a universidade, retornou para Nova Hamburgo e foi ser chefe de recrutamento numa fábrica de calçados e ao mesmo tempo dava aulas de psicologia à noite. “Eu era responsável pela relação entre chefe e empregado e promovia cursos de relação interpessoal”, explica.

Mas Isoldi queria aprofundar o alemão que já falava desde pequena e que aprofundou durante a Universidade. Conseguiu, então, um estágio na Alemanha (Hamburg) no setor de exportação, em 1984. Lembrando um pouco a história de sua ascendência, a gaúcha é a sexta geração de filhos da imigração. O primeiro imigrante Hartmann alemão de sua família chegou ao Brasil em 1845.

“A Alemanha era pobre e o Brasil fazia muitas promessas para o futuro. Foram para o Sul devido ao clima e a paisagem brasileira. Lá fala-se um dialeto alemão misturado com o português”, frisa.

Foi em Hamburg que conheceu o atual marido Klaus e em duas semanas ele a pediu em casamento. “Foi amor à primeira vista. Tivemos dois filhos e estamos há quase 30 anos casados”, orgulha-se. Uma curiosidade: Klaus que é da mesma região que o bisavô de Isoldi.

O tempo passou e se mudaram para Bruxelas em 1991 por conta do trabalho de Klaus.

Na Bélgica, Isoldi não ficou parada. Criou juntamente com um grupo de outras brasileiras (Joana de Carvalho e Eva de Souza) a Associação Cultural do Brasil na Bélgica (ACBB), uma entidade sem fins lucrativos que ajudava a quem chegava ao país. “Dávamos informações sobre escolas, médicos, advogados, lojas especializadas em produtos brasileiros, entre outras informações necessárias para a comunidade brasileira”, afirma.

Havia também uma lista de nomes de brasileiros que viviam na Bélgica para facilitar a comunicação entre a comunidade, com a vantagem da pessoa poder falar a sua língua, o português.

A Associação também promovia festas brasileiras com pratos tradicionais de nossa gastronomia, além do Carnaval e festa junina.

Ainda na Bélgica, Isoldi também foi a idealizadora do Projeto infantil, o Alecrim, que funcionou até o ano passado no Consulado-Geral do Brasil em Bruxelas, com o objetivo de expandir a língua portuguesa para as crianças através de atividades lúdicas. “Língua é cultura. Os pais precisam falar o português com os seus filhos”, sublinha.

E seguindo sempre o amor pelo ensino, Isoldi dá aulas, Há 17 anos, de religião na Escola Europeia, na seção alemã.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s