Sociedade BR na BE.

Pagina de atualidades da cultura e sociedade  do Brasil na Bélgica-2013   

             bandeira2 (1)   Março mês da mulher

final2

O projeto ME Brasil e a  OCA asbl  apoiam , e contribuem para uma incitativa da sociedade civil de Bruxelas ,na criação de uma campanha contra a violência  conjugal na Bélgica e Luxemburgo .

O grupo de ação é composto por varias  pessoas da sociedade civil  em regime de voluntariado , com formações  voltadas para a área social, medica, e jurídica,  fotógrafos,cientistas maquiadores  sociólogos ,e outros que  apoiam um trabalho  a ser desenvolvido ,para estudar esse fenômeno, e mostrar a necessidade de um apoio maior global  envolvendo os países de referencia( BR BE LX) e uma orientação , direcionamento e acompanhamento de casos  em relação a violência domestica   Nós apos inúmeras denuncias em vários meios de contato   nos unimos para  lançar uma campanha informativa sobre o direito das” migrantes vitimas de  violência conjugal na Bélgica e em Luxemburgo ” âmbito do conselho de cidadania e do Consulado Geral do Brasil em Bruxelas.

Foi inicialmente confeccionado  uma imagem  fotográfica para a campanha, um banner que  tenha  um impacto junto a comunidade , em Português, já que muitas das vitimas , nao conseguem ter apoios locais, na Bélgica  devido as dificuldades  linguísticas  que ainda  nao dominam.

denuncia violencia

O primeiro encontro se realizou no Consulado geral do Brasil na Bélgica no dia  25 de março em homenagem ao mês da mulher, e contou com a presença de 20 pessoas que vieram conhecer , discutir  a campanha e dissemina-la  recebendo informações sobre procedimentos jurídicos e a orientação correta  de como proceder nesses casos.

Foi também lançado um e-mail para denuncias  denunciaviolenciabe@gmail.com que será avaliado e  respondido por um grupo de voluntarias especializadas  que possam dar maiores orientações aos interessados

Foi também lançado uma pagina facebook  Rede  de apoio as vítimas de violência  domestica Bélgica  com informação e orientação sensibilizando para o tema em questão

O grupo se compõe de brasileiros na Bélgica todos em regine de voluntariado e gostaríamos de agregar ainda mais forças, para que a continuidade possa se efetuar. se você pode contribuir de alguma maneira envie um e-mail para nós

Agradecemos a todos pela disponibilidade de seu tempo e seu esforço para que  a campanha se transforme em referencia as mulheres brasileiras que aqui vivem, e que por ventura sofram de algum tipo de violência, seja ela: psicológica, física em verbal, sexual econômica ou administrativa, pois bem orientada o seu caminho sera mais suave , e menos doloroso de ser percorrido.

Em breve enquete sera lançada para uma melhor estudo dos casos que  aqui existem e nao são denunciados,  por medo, falta de orientação e meios de faze-lo.

TA  NA CARA QUE ESTA ERRADO, DENUNCIE!

final2

 

 bandeira2 (1)OUTUBRO- Formação do Conselho de cidadania na Bélgica 

O consulado Geral do Brasil na Bélgica e Luxemburgo, cujo responsável a Sra Embaixadora Katia Gilaberte promoveu durante o ano de 2013 uma reunião aberta a comunidade brasileira, no dia   de Abril de 2013 no qual foram solicitados nomes de oferecimento  voluntario , para a formação de um grupo de trabalho para a elaboração do  1°estatuto  do conselho de cidadãos na Bélgica e Luxemburgo. Esse grupo de trabalho  promoveu reuniões periódicas semanais,entre abril e outubro e o estatuto foi apresentado durante reunião   aberta a toda a comunidade no dia 12 de outubro de 2013

Durante todo esse tempo foi estimulada uma campanha para aumento das inscrições consulares e  uma maior participação da comunidade local nos assuntos referentes a cidadania  brasileira na Bélgica.

Entendam melhor aqui. CartilhaZiraldo

As reunioes continuam. O grupo de trabalho formado foi transformado, inicialmente em conselho provisório que terá um mandato curto até as eleições programadas para  6  e 7 de  dezembro e que deverá ser eleito seguindo a determinação de chapas que serão compostas inicialmente de um vice  presidente  do conselho, um secretario, e 7 comissões distribuídas nos  setores ; Educação, Empreendedorismo, Comunicação,Cultura,JurídicoSaúde  Social . Cada uma dessas comissões devera ter dois representantes previamente escolhidos e o Presidente sera sempre o Consul em exercício ou  um  diplomata com delegação permanente.

O Estatuto do Conselho de cidadania da Bélgica e Luxemburgo  pode ser encontrado no consulado geral do Brasil em Bruxelas e em breve sera difundido via internet

No momento existe um questionário em que as pessoas interessadas podem responder  no site do Consulado geral do Brasil na Belgica http://cgbruxelas.itamaraty.gov.br/pt-br/News.xml

1)A  Chapa Pontes da cidadania:

pontes de cidadania_oCom essa formaçao multipla,  com representantes provindo de varios segmentos da sociedade brasileira na Bélgica ,queremos representa-los e   principalmente ouvi-los, para que possamos estimulare transmitir  as propostas e os desejos da sociedade brasileira na Bélgica e Luxemburgo.

Se inscreva no seu consulado local, escute e  leia  as propostas de trabalho e escolham aqueles que melhor se afinem e respresentem a  seu anseio e a sua comunidade.

 

bandeira2 (1) Setembro  Encontro Frustrado  com a ANA MARIA MACHADO presidente da academia brasileira deLetras do Brasil

afegas o

Photo: Isabelle Marchal
Photo prise le jour après la manifestation (jeudi) quand les Afghans ont été chassés de l’édifice qu’ils occupaient. 26/9 as 17 horas

Estou pensando em que mundo é esse heim?
Hoje seria o dia em que a maior escritora brasileira de livros infantis ANA MARIA MACHADO, iria contar historias e e conhecer as crianças da comunidade brasileira na Bélgica Porem algumas outras crianças, dessa vez afegas, estavam na casa em frente, não ouvindo historias(como mostra a foto), no abrigo que viviam como asiladas de guerra, porem  sendo expulsas brutalmente desse mesmo alojamento, que já tinha sido autorizado e garantido a permanência dessas  familias pela justiça
Enquanto as crianças brasileiras ficaram sem a sua historia, as crianças afegas ficaram sem condições de abrigo e moradia e quiça de VIDA pois podem ser expulsas de volta ao seu país de origem
O Evento do qual ajudamos a organização, juntamente com o Consulado geral e a Embaixada do Brasil na Bélgica, foi suspenso por questões de segurança o Exmo Srs Embaixadores não poderia assegurar a segurança da nossa convidada , nem a dos participantes, ( as nossas crianças)caso a policia belga, que deveria como “de praxe” proteger os cidadãos, estava agindo como agressora, expulsando as pessoas, com violência, que acabaram se refugiando na calçada em frente na porta do consulado, e impedindo o ir e vir de todos que lá estavam.

Enfim todos ficaram sem historias infantis, e tudo se transformou num conto de terror, no melhor estilo, agressão de direitos humanos e principalmente das crianças do mundo.

Obrigado GOVERNO “socialista” da Bélgica”país de acolhimento”, obrigado a truculência policial e a sraMinistra da justiça , obrigado principalmente a SR Maggie de Block uma Médica “COM FRONTEIRAS “que dirige o serviço de Estrangeiros belga , que age indistintamente e, fecha cada dia mais as fronteiras e aumenta a desigualdade entre elas, e as crianças do mundo.
https://www.facebook.com/crer.regularisation

ana mariamachado_o

JUNHO 2013 Atividades e manifestações populares

DEMOCRACIA NÃO TEM FRONTEIRAS BÉLGICA

As manifestações populares  no mundo de brasileiros no exterior em apoio ao Brasil ,vem acontecendo em varias cidades mundo afora, O ME BRASIL não poderia deixar de registrar esses acontecimentos sociais  e populares  que   também tiveram repercussões em Bruxelas -Bélgica

Acompanhamos de perto toda o desenvolvimento do evento e temos muita honra de que  dois dos  participantes do grupo Me brasil, participaram também da organização do evento Bia Barbosa de Noronha  e Juliana Wahlgren , obrigado as duas .Eu  como  representante  do conselho da OCA asbl e do ME Brasil me sinto muito honrada de ter podido também participar desse momento histórico não só do Brasil como de união dos brasileiros na Bélgica. e de poder contar um pouco mais  da nossa historia aqui.

O evento reuniu gente de todas as idades,de todos os gêneros , de todas as tendencias politicas ,  todo o povo trabalhador de todas as expressões  :aristas plásticos , músicos, cinegrafistas , fotógrafos , capoeiristas,  atletas ,  , executivos, funcionários públicos ,donas de casa , profissionais liberais ,estudantes brasileiros etc e também muitos Belgas  que amam e deram apoio ao Brasil e aos brasileiros. e até um cachorro Brasileiro! 

Queremos parabenizar a todos  e a toda essa massa de brasileiros na Bélgica que esteve nesse momento de congregação.  Agradecer pela presença: de quem veio, de quem apoiou pela internet , de  quem assinou a petição que foi entregue pelo grupo organizador ao embaixador do Brasil na Bélgica Exmo Sr André Mattoso Maia Amado

Queremos também agradecer :

As outras associações  brasileiras na Bélgica como ABRACO asbl  (associaçao de ajuda e informação aos migrantes de lingua portuguesa em condiçoes irregular e precaria ) em nome de Monica Pereira  e toda a sua equipe que ajudaram na divulgaçao do evento A Edmilson Medeiros e a divulgação no  grupo  Aquele abraço CAfé gay e lgtb  as revistas  ABC classificados  que também ajudou na divulgação, e todas  os brasileiros aqui  que usaram seus contatos Facebook e toda sua lista para ajudar na divulgação e no sucesso desse evento.

Aos fotógrafos belgas Veerle Vercauteren e brasileiros Jorge Mendes, a foto Book Belgium, e outros  ,  o cinegrafista brasileiro Ermeson Vieira que usaram de seu talento profissional para registrar esse momento,e a  equipe de jui jitsi de  Alexandre Barcellos Esperon do Maeda Brazilian Jiujitsu.que colaborou na nossa  segurança

Em breve estaremos publicando a seleção das melhores fotos e o filme do evento  e também as   contribuições  de todos os participantes,  mas podem ver como nosso povo aqui é animado na pagina do evento

https://www.facebook.com/events/594266403939531/

organizadoresmanif

organizadores:(por ordem alfabética)

Aurinha Amorim De Baetselier, Bia de Noronha, Bruno Byrro,
Henrique Miranda , Juliana Wahlgren,Julia Pettan,
 Laís Abreu, Laura Gouthier, Liana Borges,Merilin Baldan,
Murilo Ferrari, Rafael dos Santos Oliveira,Sula Salani,Tatiane Teles

e nao podiamos  deixar de assinalar: O  cachorro ,ele já assinou a petição e você?https://secure.avaaz.org/po/petition/Democracia_nao_tem_fronteiras_Belgica/

DSC_1213

Regina S Barbosa. em nome da equipe ME BRASIL

 bandeira2 (1) Projetos  culturais : Maio  2013

O artista plastico Sidnei Tendler , morador na Bélgica vai retratar a fé na sua obras

Cristianismo, islamismo, judaísmo, budismo, hinduísmo e yoruba serão o foco do próximo projeto do artista plástico Sidnei Tendler, chamado “6 Religiões”. O artista vai visitar diferentes cidades ao redor do mundo para retratar o poder da Fé em telas e aquarelas……

artigo: http://www.annaramalho.com.br/news/blogs/anna-ramalho/13035-sidnei-tendler-vai-retratar-a-fe-em-sua-obra.html

expolesoir sidnei 001 (1) (1)

   
                 
               
               

 
bandeira2 (1)Projetos sociais -MAIO 2013

Não poderíamos deixar de  referenciar o maravilhoso trabalho de Thomas Ardui,um  jovem belga brasileiros que viveu alguns anos entre os dois países, fora os outros pelo caminho.

Thomas é uma pessoa especial ,que tem um lindo percurso de vida entre escolas  brasileiras que o integraram em turmas normais, e escolas belgas nas quais estudou nas  escolas especializadas e também nas ditas  “normais” .Seu relato é importante para a luta de integração de pessoas vitimas de alguma diferença, e de uma visão mais humana dos portadores de deficiências. O trabalho de integração social  dessas pessoas dependem , não apenas deles, mas da sociedade como um todo que tem que aprender a viver e conviver  coma as diferenças/parabéns Thomas pelo seu relato( site em francês)

     http://thomordinair.wordpress.com/

thomas      

   

     

             

                                                

bandeira2 (1)

TEATRO – Abril – Maio 2013.

O ano de 2013 foi uma surpresa em “forma” de teatro.

Começou em abril  com o eterno texto do grande Nelson Rodrigues, sendo encenado em francês por um grupo de estudantes de teatro  do conservatório de Moons, que  sob a brilhante  direção de um belga já “abrasileirado”  Thierry Tremouroux ,de da brasileira Raquel Karro , com um grande  trabalho de direção e adaptação e com parcos recursos cênicos , trouxeram o nosso escritor maldito  para o conhecimento do grande publico francófono e  com uma  bela  orientação desse trabalho de interpretação ,injetaram  a criação de  uma maneira tão  brasileira de ser, à tão longínqua e diferente realidade desses atores belgas  . Bravo !

Em Maio, após me deliciar com a pureza da interpretação, forte e belíssima de Flavia Naves e Frederico Araujo em Burning em cartaz até 11/05  no teatro  XL Ixeles

Me  transportei  ao passado na lembrança do teatro de arena dos anos 60 de Augusto Boal, onde a  dificuldade linguística foi fortemente superada por uma interpretação corporal  que mesmo quem não conhecia, a historia do livro” l’herbe à Bruler”, e a vida de Conrad Detrez  (Um ex- seminarista Belga que ao desembarcar no Brasil em pleno carnaval carioca e se envolver na guerrilha urbana em plena ditadura  brasileira ,é finalmente preso e  após  torturado, expatriado.  Encontra uma Bélgica  cada vez mais dividida entre a sua fronteira linguística , viaja pelo mundo de Angola a Portugal) consegue apreender todo esse movimento pelo jogo de corpo e a multiplicidades de cenas ,que foram retratadas sucessivamente por um grupo de jovens atores, apos analise do texto em questão  Sem muitas palavras, mas com muita ação a peça se desenvolve brilhantemente, com forte emoção e carregada de visões diferentes, inerentes ao jogo de cena e  a bela interpretação desses jovens talentos.

 s_299_191_burningfond

Hoje 10/05/2013 me surpreendi com a  brilhante direção e adaptação de Christiane Jatahy, numa mistura de técnicas de teatro, vídeo, tradução simultânea, e um belíssimo jogo de cena, que deu asas  a interpretação de Julia Bernat e Rodrigo dos Santos na peça Julia  no Kunstenfestivaldesarts de Bruxelas
Uma peça surpreendente com a alternância e ao mesmo tempo a simultaneidade de estilos. Uma peça repleta de surpresas em que a interpretação se alternava entre o trabalho  de cinema e teatro, e nessas duas técnicas, tão bem executadas pelos atores
Apesar de toda a tradução simultânea( bilíngue no caso da Bélgica Fr -Nr),  que  no meu “ver” complica o olhar ,mas também facilita  o acesso do teatro fora das nossas  fronteiras linguísticas .  Da modernidade da técnica ,do jogo de múltiplas  opções cênicas. Me fez  descobrir  um teatro moderno e bem adaptado aos nossos  dias  de  globalização .  Surpreendente!

photojulia.JPG-72

Mais uma vez o teatro brasileiro  esta  brilhando na Bélgica. Nossos  jovens atores provando que são sempre  talentosos  e conseguem passar uma emoção universal ,com, sem ou apesar da linguagem verbal diferente.

Interpretar é muito mais que  isso , estou feliz e voltei a ter prazer em ir ao teatro.
Sejam bem vindos a Bélgica, e ganhem o Mundo. Vocês merecem! E o Brasil agradece  ser tão bem representado .

Um pensamento sobre “Sociedade BR na BE.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s