Manifestação BRUXELAS em favor doBRASIL

O Grupo abaixo  Democracia não tem fronteiras  organizou em Bruxelas uma manifestação publica em apoio ao Brasil. Em Memória de todos os Brasileiros na Bélgica nós apoiamos o movimento. Vocês também?

manif tati_o   A manifestação será no dia 26/06 QUARTA FEIRA na EMBAIXADA DO BRASIL, na AVENIDA LOUISE 350, Bruxelles, das 17:30 às 19:30. 

Lembrando à todos que para conseguirmos organizar melhor nossa manifestação nos dividimos em diferentes comissões, cada qual voltada a uma especificação. Caso você queira ajudar, antes ou durante, a manifestação, entre em contato direto com a pessoa responsável por cada área específica ou com a comissão geral.

Comissão Geral da Manifestação:  Bruno e Laura Gouthier

Comunicação:  Bia de Noronha e Laura Gouthier

Criação (Artística):  Laís Abreu e Tatiane Teles

Audiovisual:  Bia de Noronha e Rafael Oliveira

Segurança:  Henrique Miranda Burocracia: Bruno Byrro e Rafael Oliveira

 A manifestação tem como base esses ideais:

NÃO À CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS

PELA DEMOCRACIA REAL NO BRASIL (Uma Democracia que não seja apenas uma palavra “bonita” no texto constitucional, mas que ela seja de fato democrática, sem exclusão social e sem cerceamento de liberdade de toda e qualquer espécie.)

POR MELHORIAS NOS SERVIÇOS PÚBLICOS COMO TRANSPORTE, EDUCAÇÃO, MORADIA E SAÚDE!! !!! Fica livre o conteúdo dos ouros cartazes e pontos a se defender, porém a manifestação está sendo baseada principalmente nos motivos acima!! Obrigado a todos por nos apoiarem! Obrigada a organização e colaboradores, pelo engajamento e disponibilidade! E acima de tudo, obrigada a nação brasileira por nos inspirar em seus atos ao redor do mundo e em nosso país! Vamos fazer essa manifestação acontecer pacificamente! Chamem a todos, venham para Bruxelas! Contamos com vocês!

ASSINE NOSSA PETIÇÃO: https://secure.avaaz.org/po/petition/Democracia_nao_tem_fronteiras_Belgica/ Manifesto:Para entender um pouco mais sobre o que realmente está acontecendo no Brasil e o porque das manifestações não só no país, mas também ao redor do mundo:

No dia 13/06, pessoas foram às ruas de São Paulo, com o intuito de protestar contra o aumento da tarifa do transporte público. A manifestação que ocorria de maneira pacífica tinha apenas a intenção de fazer-se ouvir reivindicações da população, mas acabou sendo palco de uma das cenas mais desprezíveis e vergonhosas de nosso país! A polícia, que deveria proteger a população, acabou por tornar a manifestação um ato de violência gratuita e repressão contra cidadãos desarmados. Utilizaram bombas de gás lacrimogênio e atiraram balas de borracha aleatoriamente contra as pessoas presentes. E o resultado deste ato de covardia: diversos manifestantes, jornalistas que cobriam o evento, e até mesmo pedestres que passaram pelo local no momento da manifestação, machucados e presos a troco de nada. Agora, em resposta a tais atos inescrupulosos e outros tantos já presenciados em nosso país, estamos lutando pelo direito de voz, pelo direito de sermos ouvidos, de reclamar, de exercer de fato a democracia, nossos direitos civis e nossa liberdade de expressão. Acima de tudo, as manifestações do movimento ‘Democracia não tem fronteiras’, que estão sendo organizadas ao redor do mundo, são protestos pacíficos que repudiam e condenam atos de violência e vandalismo, tanto da parte de manifestantes quanto das autoridades! Somos contrários à criminalização das manifestações sociais e a falta de iniciativa de negociação efetiva por parte dos governos, que insistem em diminuir a importância e legitimidade do movimento social! Não há qualquer intenção de conflitos ou autopromoção, qualquer pessoa ou ato que forem contrários ou tentem deturpar esses ideias, não representam este movimento e não tem o nosso apoio! Lutamos por um Brasil melhor e por um futuro ao qual possamos nos orgulhar! ps: para mais informações sobre, acessem a página oficial do evento  https://www.facebook.com/events/594266403939531/——————————

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

COMUNICADO DE IMPRENSA PROTESTOS NO BRASIL:

REVOLUÇÃO DAS EXPECTATIVAS?

Bruxelas, 25 junho de 2013 – A onda de protestos no Brasil levou mais de 1 milhão de pessoas às ruas em mais de 100 cidades brasileiras. As manifestações populares, iniciadas pelo aumento das tarifas de transporte público, foram reprimidas com uso excessivo da força policial e atualmente projetam reivindicações mais amplas que vão desde a melhoria geral dos serviços públicos ao fim da corrupção. A chamada “Revolução do vinagre”i é um fenômeno popular que está transformando a história do país. A comunidade brasileira na Bélgica deseja expressar sua solidariedade às diversas manifestações pacíficas que vêm acontecendo em várias cidades brasileiras e no exterior. Uma manifestação será organizada em frente à Embaixada do Brasil em Bruxelas, amanhã, dia 26 de junho às 17h30 em apoio aos atos cívicos no Brasil. À partir das manifestações populares contra o aumento da tarifa dos transportes públicos, uma insatisfação popular generalizada foi traduzida em protestos de apoio aos atos reivindicatórios que defendiam, a priori, a redução da taxa dos transportes públicos, a oposição à repressão policial e a defesa dos serviços básicos. Os protestos, de forma inesperada, adquiriram maiores contornos e com a inclusão de reivindicações que merecem grande reflexão para que o próprio movimento possa se restruturar. O grupo Facebook da manifestação do dia 26 de junho foi criado originalmente por estudantes brasileiros na Bélgica e hoje já conta com a adesão de 2500 membros da comunidade local. Os organizadores desse ato pacífico em Bruxelas acreditam que os brasileiros estão cada vez mais cientes que são atores indispensáveis no desenvolvimento de uma democracia real. A melhoria do acesso aos serviços públicos (nas áreas de transporte, educação, moradia e saúde) e o fim da criminalização dos movimentos sociais são igualmente prioridades que serão evocadas durante o protesto desta quarta feira. “Sem dúvida, as manifestações ocorridas no Brasil e no exterior, expressam uma nova forma do brasileiro se relacionar com a política e almejamos que esta postura reflita nas eleições de 2014 em diante no Brasil. O apoio dos brasileiros na Bélgica, em particular, também pode promover a conscientização e a busca por informações sobre como e onde votar fora do Brasil, já que atualmente o número de eleitores brasileiros inscritos na Bélgica não reflete a população aqui residente ou em intercâmbio. A ação e a consciência política resultante dessas manifestações podem refletir uma participação mais efetiva dos brasileiros nos rumos políticos do país. A conscientização na hora de votar é responsabilidade de cada brasileiro” reiteram os organizadores do evento. A hora de agir é agora e apoiamos vivamente a democracia e a vontade popular!

1) A Revolução do Vinagre é uma terminologia usada para descrever o fenômeno popular que está transformando a história do país após a prisão de indivíduos portadores de vinagre, próximos as regiões das manifestações, uma vez que este produto age sobre os efeitos do gás lacrimogênio utilizado na repressão policial.  
 
 English version: To understand a little more about what is really happening in Brazil and why these demonstrations are not only in Brazil but also around the world: On 13/06, people took the streets of São Paulo, in order to protest against the fare increase of public transportation. The demonstration that occurred initialy peacefully had only as an intention to make the public opinion heard, but it became one of the most despicable and shameful scenes of our country! The police, that should be there to protect the population, made the demonstration into an act of gratuitous violence and repression against unarmed citizens.Tear gas and fired rubber bullets were used randomly. As a result of this cowardice act: several protesters, journalists and even pedestrians got injured and arrested for nothing. In response of such unscrupulous acts – among many others that can be witnessed in our country- we are fighting for the right of a voice, the right to be heard, to complain, to exercise democracy, for our civil rights and the freedom of speech. Above all, the manifestations of the movement ‘Democracy has no borders’, which will be organized around the world, are peaceful protests that reject and condemn acts of violence and vandalism, both on the part of demonstrators as the authorities! We are against the criminalization of social protests and the lack of initiative for effective negotiation by governments, who insist on diminishing the importance and legitimacy of the social movement! There is no intention for conflict or self-promotion, any person or act that is contrary or attempt to misrepresent these ideas do not represent this movement and will not have our support! We fight for a better Brazil and a future we can be proud of! facebook https://www.facebook.com/events/594266403939531/ —– En Français: Un petit mot d’explication pour comprendre le pourquoi des manifestations qui touchent le Brésil et même les Brésiliens de l’extérieur.Le 13 juin, des gens sont descendus dans la rue à São Paulo pour protester contre l’augmentation des tarifs du transport public. La manifestation se voulait pacifique avait pour seul but de faire entendre les revendications de la population, mais elle fut finalement le théâtre d’actes indignes et méprisables de la part de la police. Alors que celle-ci a pour tâche de protéger la population, elle choisit de s’attaquer à la manifestation par la violence gratuite et la répression contre des citoyens désarmés. Elle a lancé des bombes lacrymogènes et tiré au hasard des balles de caoutchouc contre les personnes présentes. Comme résultat de cette lâche agression, des manifestants, des reporters qui couvraient l’événement et même de simples passants furent blessés et appréhendés sans aucune raison. Aujourd’hui, en réponse à ces violences policières – et à d’autres semblables déjà constatés dans le pays, nous luttons pour le droit de nous faire entendre, de protester de pratiquer une vraie démocratie et de faire valoir nos droits civiques et la liberté d’expression. Au delà, les manifestations du mouvement « La Démocratie n’a pas de frontières » qui sont organisées partout dans le monde, sont des protestations pacifiques qui rejettent et condamnent tout les actes de violence et de vandalisme, qu’ils émanent des manifestants ou des autorités. Nous nous opposons à la criminalisation des mouvements sociaux et à l’absence de démarche positive des gouvernants qui se contentent de minimiser et de nier la légitimité du mouvement social au lieu d’opter pour la négociation. Nous n’avons aucune intention de créer des conflits ou de pratiquer l’auto-promotion. Toute personne ou action s’écartant de ces principes ne pourraient se revendiquer du mouvement et n’auraient pas notre soutien. Nous luttons pour un Brésil meilleur et pour un futur dont nous pourrions être fiers. facebookhttps://www.facebook.com/events/594266403939531/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s